Operação Coronavírus
Pastoral da CNV - Resumo

Pastoral -Operação Coronavírus

As Pastorais da CNV são documentos que apresentam análises, interpretações e respostas da Igreja aos assuntos novos e polêmicos de nossa geração. 

A Pandemia da COVID-19 está assustando e mudando o estilo de vida da humanidade. Podemos observar nessa crise sérias questões médicas, éticas, políticas, econômicas e logísticas, além de questões adicionais para as pessoas de fé.

É possível olhar essa pandemia sob diferentes aspectos e dimensões. Nesse contexto plural, a CNV é desafiada a entender os acontecimentos com uma cosmovisão bíblica e realista, assumindo, a partir daí, uma conduta cristã que agrade e glorifique ao Senhor nosso Deus (Sl 15; Mt 5:22; Ef 4.17-32).

A CNV tem consciência de sua delimitação de observação diante de um aglomerado de informações num tempo conhecido como o da pós-verdade - onde crenças pessoais se sobrepõem aos fatos ou dados objetivos. Entretanto, a igreja não se intimidou diante do grande desafio, realizando uma exaustiva pesquisa, expressando o cuidado teológico e pastoral nos estudos, procurando o ponto de intercessão de três premissas fundamentais: os fatos, as profecias e o discernimento espiritual.

Não sendo ingênuos, mas críticos com as informações catalogadas, conseguimos mapear e formalizar este documento, apresentando dados e conselhos bíblicos e pastorais para os membros associados da igreja. Entretanto, não temos uma resposta satisfatória para todas as perguntas. Há questões que continuarão abertas; há mistérios que serão trazidos à luz somente no tempo oportuno.

Sem mais considerações, apresentamos aos membros associados da Comunidade de Nova Vida um resumo de nossa percepção espiritual e razão crítica sobre a "Operação Coronavírus".

A nossa oração é que todos tenham uma ótima leitura, uma profunda reflexão e que cada um possa fazer os ajustes necessários para permanecer fiel a Deus.

Estamos em Guerra

Estamos em guerra, uma guerra diferente, que não solta bombas, mas consegue causar danos na saúde e interferir no comportamento da sociedade. É claramente perceptível o desgaste emocional de homens e de mulheres nestes dias de COVID-19. A grande massa está confusa, alienada e enfraquecida, sem poder de decisão e sem energia para reação. Mas, o mais triste é que o povo não consegue compreender esse tipo de guerra e consequentemente não acredita que está sendo atacado e subjugado por uma arma invisível.

Disparos contra a mente humana.

O terror pulsante altera o funcionamento saudável de nosso cérebro. O pânico faz o ser humano adoecer. As pessoas perdem a capacidade de ter uma coerente reflexão. Elas sentem instintivamente que algo está errado, mas não sabem lidar com o problema de forma racional.

Os processos de auto-regulação do organismo são fortemente perturbados por influências psicológicas. Diante de tanto bombardeio de terrorismo midiático as pessoas ficam temerosas, confusas, perdidas e doentes.

A sociedade sob intensa tensão emocional não percebe que está sendo condicionada psicologicamente para aceitar, sem resistência, os comandos de seus algozes. 

Mas temo que, assim como a serpente enganou a Eva com a sua astúcia, assim também sejam de alguma sorte corrompidos os vossos entendimentos... 2 Co 11:3

A realidade é que existe uma guerra de poder maquiavelicamente planejada. A COVID-19 é apenas uma arma silenciosa que não dispara balas, mas situações, com um propósito maior: desviar a atenção das manobras políticas. Uma rede global de gigantes, com tentáculos em todo o planeta: planeja, mobiliza, patrocina e executa um plano de conquista. 

Ciência Politizada

O servo de Deus precisa ver além do natural, analisar e discernir os fatos com aguçada percepção espiritual. É preciso questionar os motivos daqueles que tentam controlar nossas vidas através da interferência do governo.

A ciência pós-moderna está cada vez mais politizada. Cientistas são pagos para 'encontrar' conclusões que beneficiem seus pagadores.

"O caso contra a ciência é direto: grande parte da literatura científica, talvez metade, pode ser simplesmente falsa". Dr. Richard Horton, ex-editor-chefe do The Lancet.

https://thefreedomarticles.com/fraudulent-scientific-research-big-pharma/

"Simplesmente não é mais possível acreditar em grande parte da pesquisa clínica publicada, ou confiar no julgamento de médicos confiáveis ​​ ou em diretrizes médicas autorizadas" - Marcia Angell, ex-editora-chefe do estimado New England Journal of Medicine (NEJM).

https://thefreedomarticles.com/fraudulent-scientific-research-big-pharma/

'Existe uma preocupação crescente de que a maioria das descobertas de pesquisa publicadas atuais seja falsa ... é mais provável que uma alegação de pesquisa seja falsa do que verdadeira'. - Dr. John Ioannidis, professor de prevenção de doenças na Universidade de Stanford.

Diante desses alertas de renomados especialistas, em paralelo aos atuais procedimentos, normas e decretos estabelecidos na administração da COVID-19, há perguntas que despertam uma averiguação minuciosa:

1) Quem está por trás dessa implementação de saúde?

2) A quem eles servem?

3) O que realmente estão tentando fazer?

E se descobríssemos que por trás da operação coronavírus a ciência é serva da política e que a elite do poder global é luciferiana? A resposta faria alguma diferença? 

The Great Reset

Os donos do mundo querem que a sociedade global passe por um "reset" e tudo recomece seguindo a agenda da NWO. Eles criaram o termo "The Great Reset" - o grande reinício.

O Fórum Econômico Mundial em colaboração com o príncipe Charles da Inglaterra e o Fundo Monetário Internacional, estão planejando o chamado 'The Great Reset', que será  tema de uma cúpula única em janeiro de 2021, em Davos (Suiça).

Essa cúpula inovadora, segundo eles, será uma reunião anual muito diferente, refletindo o espírito da Grande Redefinição. Proporcionará uma oportunidade única no início de 2021 para reunir os principais líderes globais de governo e negócios em Davos, ainda enquadrados em uma cúpula global com várias partes interessadas, impulsionada pela geração mais jovem, para garantir que o diálogo Great Reset vá além dos limites do pensamento tradicional.

"The Great Reset" é o compromisso de construir conjunta e urgentemente as bases de um novo sistema econômico e social para um futuro mais justo, sustentável e resiliente (será???).

"The Great Reset" é um reconhecimento bem-vindo de que essa tragédia humana deve ser um alerta. Devemos construir economias e sociedades mais iguais, inclusivas e sustentáveis, que sejam mais resilientes diante de pandemias, mudanças climáticas e muitas outras mudanças globais que enfrentamos " - António Guterres - Secretário Geral das Nações Unidas.

"A crise da COVID-19 está afetando todas as facetas da vida das pessoas em todas as partes do mundo. Mas a tragédia não precisa ser seu único legado. Pelo contrário, a pandemia representa uma rara, porém estreita janela de oportunidade para refletir, re-imaginar e redefinir nosso mundo para criar um futuro mais saudável, mais equitativo e mais próspero". - Kiaus Schwab - Fundador e Presidente Executivo do World Economic Forum - WEF.

https://jornal140.com/2020/06/10/the-great-reset/

https://www.circuitodenoticias.com.br/noticia/12942/competencias-necessarias-segundo-o-forum-economico-mundial

https://www.sedet.ce.gov.br/2020/06/15/confira-artigo-de-francisco-rabelo-e-celio-melo/

https://www.weforum.org/press/2020/06/the-great-reset-a-unique-twin-summit-to-begin-2021/


"O vírus chinês está servindo de pretexto para a criação de alavancas de controle das pessoas, rumo a uma futura ditadura globalista de caráter social comunista". - Instituo Plínio Corrêa de Oliveira.

https://ipco.org.br/mascara-se-transforma-em-mordaca/

Estamos diante de uma grande e arquitetada manobra política onde se predestina a quebra da velha economia para entrada de um novo e universal império econômico-financeiro sobre esse mundo temporal.

Entendemos que adentramos em uma guerra com características singulares, onde o poder bélico não é o destrutivo tradicional, mas um conjunto de armas invisíveis que disparam conflitos sociais e psicológicos, entre outros. O vírus é uma espécie de coadjuvante nessa operação, e assim empregam o bioterrorismo, proclamando a submissão profunda de todos moradores do planeta, perante severas e subversivas leis marciais até que a Nova (des)Ordem Mundial seja estabelecida soberanamente.

A lamentável realidade é que a população em toda terra está sendo absorvida pelo medo e pânico, permitindo que os governos atropelem seus direitos. O medo do vírus está consentindo que todos os tipos de agendas que acompanham a "operação coronavírus" sejam levadas adiante. Ninguém questiona informações e decisões, poucos percebem que a pandemia migrou do âmbito científico e de saúde pública para a política. A grande massa, sem entender e sem perceber, é condicionada pela propaganda televisiva a submeter-se integralmente às ordens das autoridades do poder temporário.

Tudo segue de acordo com a agenda da NWO; o que acontece é apenas uma sequência de etapas de um plano maior. Os donos do mundo estão unidos no mesmo propósito e novas fases seguirão até o estabelecimento do governo da Besta.

Satanás não visa apenas entravar e destruir o plano divino, mas executar uma contrafação dele. O plano diabólico, passando pelas vicissitudes da História, deverá atingir sua plenitude no Fim do Mundo com a chegada do homem que deverá ser a manifestação suprema do ódio satânico. Esse homem do pecado será o Anticristo por excelência e completará a obra que todos os anticristos parciais esboçaram, produzindo aquilo que São Paulo chamou a suprema "apostasia" (2 Ts. 2:3).

Sabemos, no entanto, que o êxito aparente de Satanás trará a intervenção suprema d'Aquele que já o venceu, Jesus Cristo, o Rei dos reis e Senhor dos senhores.

A Conspiração

A Bíblia Sagrada fala sobre uma conspiração mundial contra Deus no fim dos tempos.

Será um tempo de muito engano.

"...para enganar, se possível, os próprios eleitos". Mt 24:24

"E por isso Deus lhes envia a operação do erro, para que creiam na mentira". 2 Ts 2:11

Quem lê as profecias e acompanha os fatos sabe que o fim da liberdade dos povos se aproxima e também o fim da liberdade individual. Não se trata de uma simples teoria, mas de oligarquias, secretas e ocultistas, formadas pelas famílias mais poderosas da terra. Juntas pretendem levar o mundo para um Estado Mundial escravo.

"o mistério da iniquidade...". 2 Ts 2:7

Sabemos que as 13 famílias mais poderosas da terra adoram Lúcifer e também dirigem o satanismo em nível mundial. Seus integrantes são profissionais do satanismo e se dedicam a obter poder para escravizar o mundo inteiro por meio de um governo mundial.

Serge Hutin¹ disse: "O destino das nações frequentemente depende de homens que não possuem cargos oficiais. Trata-se de sociedades secretas, com autênticos governos ocultos, que decidem nosso destino sem que nos apercebamos disso".(PISTONE, Aliana Marina. Los Gobiernos Ocultos en Mundo Desconocido. Agosto de 1979, n.38,23.)

¹Serge Hutin foi um autor francês de livros sobre esoterismo e ocultismo

O satanismo de alto nível baseia-se em uma doutrina elementar que projeta Satanás como líder visível que governará o mundo algum dia. Um governo mundial com uma sociedade computadorizada, um planejamento econômico central e um controle total sobre toda população.

O filósofo Joseph de Maistre¹ afirmou: "Os verdadeiros detentores do poder, os que movem os cordéis, vivem na sombra, por trás do pano de fundo do cenário".(CARON, H. Le. Le Plan de Domination Mondiale de Ia Contre-Eglise. Fideliter, 1985,30.).

¹O Conde Joseph-Marie de Maistre foi um escritor, filósofo, diplomata e advogado. Foi um dos proponentes mais influentes do pensamento contrarrevolucionário ultramontanista no período imediatamente seguinte à Revolução Francesa de 1789.

A elite dominante do satanismo se reúne em sociedades secretas onde traçam projetos para derrubar a presente ordem mundial. Para conseguir manipular os destinos do mundo, com a finalidade de estabelecer uma ditadura mundial, os membros dessa elite introduziram-se em toda parte com a ajuda de conexões, dinheiro e poder. As poderosas famílias operam por intermédio de megacorporações e de uma multidão de estruturas de comando, sendo detentora de 70% (aproximadamente) de toda  riqueza do planeta.

Os governantes invisíveis criam intencionalmente problemas em todos os níveis. Quanto mais doenças, crises, confusão, luta de classes, discriminação racial, guerras e tensão política internacional, mais fácil e mais rápido a humanidade pedirá um governo mundial e uma nova ordem.

O que difere o nosso tempo de outras eras?

Sabemos que o "mistério da iniquidade" já operava nos tempos apostólicos (2 Ts 2:7), mas somente em nossos dias podemos discernir que "Aquele" que resiste as trevas está sendo afastado...

A agenda dos "donos do mundo" está em plena execução nos dias atuais. Estamos a ponto de perder a civilização, tal como a conhecemos, e de entrar em uma sociedade governada pelo anticristo.

O secretário-geral das Nações Unidas, Antonio Guterres, está pedindo um nível de governança "multilateral" para "funcionar como um instrumento de governança global onde for necessário". Recentemente, o JM Notícia destacou também que o ex-primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, sugeriu a criação de um"Governo Mundial" para combater coronavírus.

https://www.jmnoticia.com.br/2020/06/29/secretario-geral-da-onu-pede-um-governo-mundial-para-ajudar-as-nacoes/

https://www.jmnoticia.com.br/2020/03/27/gordon-brown-sugere-formar-governo-mundial-para-combater-coronavirus/

"Tudo indica que, sob o pretexto de combater o novo coronavírus e proteger o "bem comum", pretende-se impor a todos os países uma governança mundial totalitária. Junto com o vírus chinês, alastra mundo afora uma epidêmica histeria coletiva, que leva a fechar igrejas, arruinar economias e famílias, paralisar cadeias de suprimentos, falir empresas, causar recessão, milhões de desempregos e muita pobreza".

https://ipco.org.br/nova-ordem-mundial-velho-plano-para-uma-desordem-generalizada-contra-a-qual-se-multiplicam-as-reacoes-conservadoras/

"Lúcifer vem para nos dar a dádiva final de totalidade. Se a aceitarmos, então ele será livre e nós seremos livres. Essa é a iniciação luciferiana. Ela é uma iniciação que muitas pessoas estão agora tomando, e muitas o foram nos dias por vir, pois ela é a iniciação na Nova Era". Reflections on the Christ (1978) - David Spangler ¹.

¹David Spangler - ex-diretor da "Planetary Initiatives for the World We Choose", fundada em 1981 - ligada à 'Union of International Associations' (UIA), um dos braços da ONU.

Diante dos nossos olhos uma "nova era" está surgindo sob os comandos de Satanás. A palavra da antiga Serpente, venenosa e mortal, ecoa em todos os lugares com dominação opressora, abusiva e anticristã.

Os servidores deste mundo tenebroso e as forças coligadas da NWO executam os seus planos diabólicos visando:

  • Afastar as pessoas de Deus e condicioná-las ao "espírito da Besta";
  • Submeter toda a humanidade a uma escravidão universal e obter assim para si grandes riquezas e uma situação privilegiada;
  • Construir um mundo cuja desordem e vulgaridade sejam uma ofensa contínua ao divino Criador.

Toda a terra se maravilhou, seguindo a besta. Ap 13:3

Os luciferianos trabalham arduamente na construção de um "novo mundo", onde tudo que existe hoje: família, crenças, valores, tradições, modelos sociais, comportamentos e economia, no modelo judaico-cristão, precisa ser destruído.

A história está sendo reescrita. Os servidores da Serpente propagam mentiras e pânico no planeta. O Mundo está cativo sob as trevas da ignorância e do medo.

Infelizmente poucos percebem que os poderes vigentes da NWO dependem da nossa aquiescência à sua versão falsificada da verdade.

  • No plano vertical, a igreja tem orado a Deus e isso faz com que ela continue sendo o maior obstáculo ao domínio total das trevas sobre a humanidade.
  • No plano horizontal, porém, a situação é bem diferente. A Igreja tem silenciado a sua voz profética na sociedade, deixando de ser resistência ao Mistério da Iniquidade, permitindo que o plano maquiavélico da NWO avance em busca do domínio global. Quando a igreja cala a sua voz profética, a humanidade passa a ouvir somente os comandos do Inferno.

Nota: Sabemos que a COVID-19 é uma ameaça real e, por esse motivo,   os cuidados com a higiene e com a saúde devem fazer parte do comportamento de todos nós, mas, a pandemia atual está imersa em uma baldeação ideológica, onde ciência e política se confundem, onde fatos são mesclados com um turbilhão de notícias falsas, assustando e alienando milhões de pessoas. Diante desse emaranhado de informações e desinformações surge a inevitável pergunta: "a pandemia foi planejada?". Cremos que sim, mas somente o tempo poderá trazer as provas inquestionáveis que a humanidade merece saber; até lá o ponto crítico nessa pandemia é que há vários elementos-chave que devem ser entendidos adequadamente. No nosso entendimento o poder por trás dessa pandemia está com um grupo "invisível" aos olhos comuns. Esse grupo governa o mundo nos bastidores. 

 

O Ritual Luciferiano

O ritual pagão de transformação

Julian Huxley¹ escreveu uma vez que os elementos básicos na transmissão e transformação cultural são psicológicos. É assim que mudamos. Desde tempos imemoriais, muitos rituais foram realizados para transformar a realidade.

¹Julian Sorell Huxley FRS foi um biólogo, filósofo, eugenista, escritor, humanista e internacionalista britânico, conhecido por suas contribuições pela popularização da ciência através de livros e conferências. Ele foi o primeiro diretor-geral da UNESCO e foi nomeado Cavaleiro da Coroa Britânica em 1958.

O ritual é um psicodrama espiritual da consciência; uma ação deliberada para facilitar a mudança; mudanças em todo o ambiente em que as pessoas existem, começando com a paisagem mental das próprias pessoas.

O verdadeiro objetivo do ritual é alterar a mente do iniciado.

"... Método para alterar a mente. É um drama sagrado no qual você é o público e também o participante. E o objetivo disso é ativar partes da mente que não são ativadas pela atividade cotidiana " Sharon Devlin - artista irlandesa.

O ritual facilita a dinâmica da mudança através de mecanismos específicos; um ritmo para sincronizar; fundir e fluir com; um desenho magnético no caminho em direção à transmutação.

Nos rituais os símbolos criam a linguagem pela qual os novos membros da sociedade se comunicam após serem iniciados. Essa nova linguagem transmite um novo entendimento por meio de definições que o ritual gera.

Um ritual de iniciação introduz e induz a pessoa no "caminho"; um novo modo de vida ou visão de mundo; um programa para orientar crenças, valores e ações, permitindo que o iniciado se torne um membro pleno e verdadeiro da nova sociedade.

O ritual nem sempre é acompanhado de uma ação consciente. Nem todos que participam dele estão explicitamente conscientes de que são participantes. E, ainda assim, conscientes ou não, novos padrões de pensamentos, de significância, são incorporados ao iniciado.

Um Ritual Global

O mundo inteiro está participando de um ritual oculto de iniciação, embora quase ninguém se aperceba disso. As medidas e políticas adotadas pelos governos em todo o mundo desde o início da Operação Coronavírus - como quarentena, prisão, lavagem das mãos, uso de máscaras, distanciamento social, lockdown e muito mais - são de fato aspectos simbólicos de um ritual de iniciação oculta. Esses aspectos foram inteligentemente adaptados à atual pandemia e disfarçados de genuínas estratégias de saúde pública.

A elite dominante, ou seja, os conspiradores da Nova Ordem Mundial, são luciferianos e eles estão orquestrando ao vivo uma maneira semelhante aos seus rituais satânicos secretos. Em ambos os casos, o objetivo é o mesmo: tirar os iniciados de seu modo normal de existência, gerar submissão, fazê-los à semelhança de seus líderes e, finalmente, devolvê-los a um novo normal, onde não podem retornar aos seus velhos modos de vida.

Um ritual de iniciação ocultista normalmente envolve três estágios.

A Primeira Fase: Isolamento (Purificação)

Ritual de Iniciação Corona: Bloqueio e Quarentena (Isolamento)

A primeira parte de um ritual de iniciação é o isolamento. Esse isolamento serve para separar os assuntos iniciados dos assuntos seculares de cada participante. Isso geralmente é feito cortando todos os laços com o mundo exterior.

Isolamento para purificação - nesta fase, o iniciado é separado do mundo exterior, afastado de pessoas, lugares e coisas que costumava conhecer, a fim ficar desapegado e isolado, purgado e purificado. Um elemento essencial nessa separação do ambiente típico é a suspensão das regras normais de vida a que estava habituado.

Às vezes, o iniciado pode ser enviado para uma sala escura ou caverna; a saída do "útero escuro" simboliza um "novo nascimento".

Na Operação Coronavírus, o bloqueio e a quarentena simbolizam o aspecto de isolamento do ritual. Os que estavam cientes da situação perceberam que colocar em quarentena uma comunidade inteira de pessoas saudáveis ​​era uma contradição em termos, porque a própria palavra quarentena significa "um estado, período ou local de isolamento no qual pessoas ou animais, que chegaram de outro lugar, foram expostos a doenças infecciosas ou contagiosas. " Assim, por definição, não se pode colocar em quarentena pessoas saudáveis ​​e não infectadas; só se pode colocar em quarentena pessoas infectadas e doentes. No entanto, a agenda era isolar as pessoas por todos os meios necessários para alcançar o primeiro passo da iniciação.

Ritual de Iniciação Corona: Os Comandos (Submissão, Condicionamento)

Os sentidos do iniciado serão condicionados. Há um comando que controla os sentidos do iniciado, ou seja, tudo que ele vê, ouve, cheira, toca e prova, é deliberadamente controlado.

No ritual, os sentidos do iniciado podem ser bombardeados, modificados, limitados ou totalmente privados. A repetição é típica como um mantra, pois seu uso ajuda a dominar os iniciados: #FiqueEmCasa.

As percepções e experiências são finalmente supervisionadas por aqueles que dirigem o ritual.

Ritual de Iniciação Corona: Lavar as Mãos (Indiferença)

Outro elemento do ritual tem sido o foco obsessivo e compulsivo na lavagem das mãos. Embora a lavagem das mãos em geral seja uma boa prática higiênica que pode ajudar a limitar a propagação da doença, a Operação Coronavírus levou-a a um nível completamente novo de ansiedade e de TOC (Transtorno Obsessivo Compulsivo).

A lavagem das mãos é uma reminiscência da história de Pôncio Pilatos, que lavou as mãos sobre o destino de Jesus de Nazaré e se recusou a puni-lo ou libertá-lo. Sob essa perspectiva, lavar as mãos tem a ver com indiferença, não juízo. A sociedade está indiferente aos decretos e às arbitrariedades praticadas neste tempo de pandemia. Ninguém questiona, resiste ou confronta as normas e práticas abusivas; simplesmente lavamos as mãos. Mas, tem mais...

O ritual oculto global da lavagem das mãos representa também a lavagem da antiga ordem (ou seja, a Ordem Cristã a que você pertencia), para que uma nova ordem possa ser introduzida e firmemente estabelecida.

Ritual de Iniciação Corona: Uso de Máscara (Censura, Submissão, Persona Alternativa)

Disfarçado e escondido sob uma máscara, o iniciado é mais facilmente capaz de transcender o eu. As máscaras aceleram a supressão do ego para ajudar a facilitar a morte da antiga identidade, antes da manifestação de uma "nova persona".

É importante dizer que as máscaras são frequentemente usadas em festas e rituais ocultistas em todo planeta. Mas, há camadas mais profundas quando se trata dos aspectos ritualísticos das máscaras. Vejamos:

Em primeiro lugar, máscaras denotam censura, cobertura da boca, engasgos e supressão da voz livre. Pense quantas imagens representando a censura mostram uma pessoa com fita adesiva na boca. A censura tem sido uma parte massiva dessa agenda.

Em segundo lugar, as máscaras simbolizam a submissão, a renúncia ao acesso irrestrito ao oxigênio. Toda essa agenda não é sobre o vírus; é sobre controle. Trata-se de forçar as pessoas a se submeterem à vontade dos manipuladores da NWO, mesmo quando legal e clinicamente injustificado.

Em terceiro lugar, as máscaras lembram os robôs fabricados em série. As máscaras removem a capacidade de ver o rosto de outra pessoa em sua totalidade e individualidade. Não conhecemos mais ninguém. Elas criam distância e separação nas pessoas, dificultam a identificação e a empatia pelos outros, já que não podemos ver a face do próximo.

Em quarto lugar, as máscaras ocultam identidade. Máscaras criam uma "persona alternativa".

Ritual de Iniciação Corona: Trauma (Medo da Morte)

O trauma é outro aspecto essencial no ritual de iniciação. É usado principalmente para personalizar o medo da morte.

Somente depois que a morte é confrontada é que os iniciados podem simbolicamente renascer para uma nova realidade.

Isso está relacionado com o tema do abuso ritual satânico (SRA) e controle da mente. No controle da mente, um 'manipulador' usa tortura e abuso para forçar a vítima a se dissociar. É nessa condição que suas mentes se separam da realidade, a fim de lidar com a tremenda dor que lhes está sendo infligida.

Ritual de Iniciação Corona: Distanciamento Social 

Uma vez que o ritual se encaminha para a conclusão, o iniciado sai para um novo modo de pensar e uma nova maneira de se comportar. Ele é refeito à imagem de seus manipuladores que conduziram o ritual. No caso do COVID, o objetivo final é o novo normal, onde todos são permanentemente separados e desconectados (além de testados, rastreados, monitorados, vigiados, medicados e vacinados). O distanciamento social é realmente um distanciamento anti-social; sua simbologia é remover o toque humano de nossas interações. Esse toque é o que nos torna humanos.

Ritual de Iniciação Corona: Sacrifício

Os rituais de iniciação também envolvem sacrifício; tanto o tangível que pode ser mantido na mão quanto o intangível, como comportamentos, devem ser abandonados por exigência.

Como sinal de submissão algo precisa ser tomado do iniciado, um bem, uma joia, Afinal, em todo ritual há uma aliança, para que algo seja "recebido", alguma coisa também deve ser entregue (ou tomada).

Pense no número de pessoas que perderam seus empregos e trabalhos. Pense um pouco nas pessoas que perderam a liberdade e seus entes queridos.

Tudo nessa primeira fase do ritual visa eliminar o modo de vida anterior.

Concluída essa fase inicial começa a transição até chegar à Nova Realidade.

A Segunda Fase: A Transição

Esta é a segunda fase do ritual. À medida que o "velho eu" morre simbolicamente, o iniciado passa para um estado de liminaridade; uma espécie de lugar nenhum; o vazio no meio.

Ritual de Iniciação Corona: Desorientação

O que acontecerá? Para onde vamos?

O processo de um ritual pode ser executado de uma maneira propositadamente confusa; Isso torna o iniciado incapaz de encontrar uma base mental sólida a partir da qual faça sentido lógico de qualquer natureza.

A desorientação e o momento incerto geram ansiedade, removendo ainda mais o iniciado da realidade, deixando-o mais suscetível a um tipo de condicionamento pavloviano¹. Isso enfraquece as defesas como um vírus faria.

¹O condicionamento pavloviano respondente é um processo que descreve a gênese e a modificação de alguns comportamentos com base nos efeitos do binômio estímulo-resposta sobre o sistema nervoso central dos seres vivos.

A Flexibilização

O ritual permite que uma nova luz brilhe através de uma janela de pensamentos recém-aberta.

Sem nenhum outro lugar para ir, exceto os lugares que somos "permitidos", os iniciados podem ser obrigados a passar pela única passagem aberta.

Liberdade condicionada, restrita. O iniciado que transcende está gradualmente em processo, sendo reprogramado, reconstituído e incorporado em seu novo ambiente, um novo mundo que o aguarda no fim do túnel.

Assim, o "velho eu" morre quando o iniciado é purificado. O iniciado é agora uma tela em branco: lavada, preparada e desesperada por tinta.


A Terceira Fase - A integração à Nova Era

Em algum momento no futuro, veremos a fase final do ritual de transformação: a integração à nova era.

Seja o ritual dramaticamente aberto ou enganosamente sutil, ele reinterpreta a realidade; uma nova definição de realidade é dada. São introduzidos novos comportamentos e conhecimentos, incluindo mitos e códigos.

Alguma coisa descrita aqui lhe parece familiar?

O Novo Normal

Esse ritual simboliza a destruição do sistema vigente e a implantação de uma nova era, sob a liderança de um governante global.

A fênix saindo das cinzas.

Destruir o antigo abrindo caminho para a criação do novo.

Os muitos elementos da Operação Coronavírus são altamente simbólicos. As pessoas estão sendo conduzidas como neófitos inconscientes, sem a menor ideia de como estão inconscientemente apoiando a agenda mais profunda (por exemplo, cooperando com sua própria servidão, concordando com restrições ridículas e até policiando ativamente seus concidadãos). O fato dessa operação coronavírus ser um ritual não é surpreendente, dado que o núcleo interno da NWO é composto de satanistas.

Cada norma estabelecida na Operação Coronavírus faz parte de uma etapa de um ritual oculto elaborado e projetado para iniciar simbolicamente as pessoas deste mundo em suas novas posições na nova ordem global.

O espírito do anticristo comandou o ritual de iniciação das pessoas desta terra, e literalmente bilhões de humanos em todo o mundo participaram, de mãos dadas, desse ritual. Essa iniciação oculta nada mais é do que um ensaio global para a verdadeira iniciação luciferiana que está por vir.

Se quisermos realmente reter os nossos direitos e a nossa liberdade diante desse mundo tenebroso, temos que permanecer atentos aos fatos e aos aspectos simbólicos mais profundos dessa agenda.


Fontes:

https://www.youtube.com/watch?v=3RVG8qNLdoY

https://haveyenotread.com/occult-ritual-transformation-and-coronavirus/

https://thefreedomarticles.com/9-simulations-drills-laws-prepared-for-the-coronavirus/

https://thefreedomarticles.com/satanic-black-magic-rules-the-world/

https://thefreedomarticles.com/live-exercise-pompeo-lets-slip-covid-19-pandemic/

https://thefreedomarticles.com/2010-rockefeller-foundation-paper-plan-exploit-pandemic/

https://thefreedomarticles.com/unmasking-the-truth-masks-weaken-dont-protect-you/

https://thefreedomarticles.com/satanic-pedophilia-network-exposed-australia/

https://thefreedomarticles.com/satanic-ritual-abuse-can-be-healed/

https://thefreedomarticles.com/exposing-the-occult-corona-initiation-ritual/


A Revolução da Fé

"...Contudo quando vier o Filho do homem, porventura achará fé na terra?

A Operação Coronavírus continua sendo um alerta e um grande desafio para todos nós. Em cinco meses decorridos muitos se afastaram da comunhão dos santos, esfriaram na fé e mudaram de comportamento.

Não sabemos o que vem a seguir, mas continuamos com a firme convicção de que as "portas do inferno não prevalecerão contra a verdadeira igreja de Jesus" - Mt 16:18.

Aqueles que têm óleo nas lâmpadas andarão na escuridão espiritual sem tropeçar e sem errar o Caminho. Aqueles que têm óleo nas lâmpadas serão capazes de ver além.

A igreja de Cristo precisa entender que a melhor resposta à operação coronavírus é uma "Faith Revolution" (Revolução da Fé), tendo à frente uma comunidade de discípulos fortemente santa, consagrada a Deus e disposta a cumprir a grande comissão evangelística nesta terra, no tempo que nos resta.

Não podemos ficar acuados e medrosos, deixando de cumprir o que Jesus Cristo nos mandou fazer - Mt 28:19.

Diante disso, convidamos você a levantar-se com fez Lutero em sua geração. Tenha compromisso, motivação e autoridade para despertar os santos remanescentes a uma Resistência Espiritual, uma verdadeira Revolução da Fé (Faith Revolution),redirecionando e encorajando os discípulos fiéis, a um fiel retorno: (1) à Palavra de Deus, (2) ao Senhorio de Jesus Cristo e (3) à vida no Espírito.

Cremos que este é o momento de cada membro do Corpo de Cristo estar espiritualmente preparado para assumir a sua posição estratégica no campo de batalha.

Convidamos você que faz parte de um grupo de discípulos, seja esse grupo grande ou pequeno, tradicional ou pentecostal, mas que é integrante e participante da universal, una, santa e apostólica Igreja do Senhor Jesus nesta terra, a fazer parte dessa "Revolução da Fé", assumindo o compromisso de ser Sal e Luz para esta geração,até o dia glorioso da volta de nosso SENHOR, quando, por sua extraordinária graça, seremos definitivamente revestidos de incorruptibilidade e de imortalidade. (I Co 15:53; Cl 3:4).

Seja um cristão em contínua reforma, empenhando profundos esforços a um pleno redirecionamento pessoal à Palavra de Deus, ao Senhorio de Cristo e à vida no Espírito. Que cada um de nós tenha plena consciência que vivemos o tempo do fim e, como tal, queiramos trabalhar incansavelmente em prol do Reino de Deus enquanto é dia, vivendo em santidade e fé até o retorno glorioso de nosso Rei, Jesus Cristo.

Importa que façamos as obras daquele que me enviou, enquanto é dia; vem a noite, quando ninguém pode trabalhar. Jo 9:4.

Que Deus nos conceda graça para assim crermos, orarmos e agirmos. Amém!

Não esqueçamos que faz parte da Revolução da Fé, a continuidade da igreja em oração, perseverando em súplicas, além de ter o preparo devido para saber desmontar, em nível doutrinário, as manobras dos inimigos da fé, denunciar seus sofismas e artifícios e torná-los cada vez mais desprestigiados junto à opinião pública.

Vigiai, pois, em todo o tempo, orando, para que possais escapar de todas estas coisas que hão de acontecer, e estar em pé na presença do Filho do homem. Lc 21:36.

Queremos, sim, uma igreja saudável, fiel, envolvida no Reino, submissa ao SENHOR e resistente ao diabo; trabalhando dia e noite na pregação do Evangelho e na expansão do Reino de Deus nesta terra; queremos também um Brasil livre, cristão, anticomunista, que realize no mundo os planos de Deus para esta geração.

Que o SENHOR nos conceda graça para essa missão!

Que as suas lâmpadas estejam cheias da revelação do Espírito na escuridão deste mundo tenebroso, para que você possa ver o que outros não conseguem.

Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas...!

P.S.: Essa Pastoral-Resumo faz parte de um documento maior que será publicado em tempo oportuno.