Projeto Filipe
Reflexão Bíblica Semanal Para os Grupos Familiares

O Perigo da Desobediência

 

Obedecer é Melhor do que Sacrificar

Introdução

E em 1 Samuel 15:22 o profeta diz: "Tem porventura o Senhor tanto prazer em holocaustos e sacrifícios, como que se obedeça à palavra do Senhor? Eis que o obedecer é melhor do que o sacrificar".

A quem essa palavra foi direcionada?

Essa exortação profética foi para Saul, o primeiro rei de Israel, alguém que começou sua história com Deus muito bem, mas que terminou muito mal. Antes da advertência do profeta, Deus dissera a Saul: Fere a Amaleque e destrói tudo o que ele tiver. Porém, Saul ao invés de obedecer fielmente a Palavra do SENHOR, deixou vivo Agague, o rei dos amalequitas, e também preservou o melhor dos animais dos amalequitas.

Saul obedeceu parcialmente ao SENHOR e obedecer parcialmente é o mesmo que desobedecer. Em vez de seguir a Palavra de Deus, decidiu seguir o próprio coração, adentrando pelas veredas da desobediência.

O rei Saul poderia ter vivido longos e prósperos anos, com grandes vitórias, mas ao contrário, entrou em decadência espiritual. Em uma batalha com os filisteus vendo que para ele só havia a derrota lançou-se sobre sua própria espada e morreu. (1 Samuel 31:4)

Saul representa todo àquele que conhece a palavra de Deus, mas, deliberadamente, decide desobedecê-la. 

I - Deus e Sua Palavra

Deus é a suprema autoridade, a mais alta autoridade existente no universo.

  • Primeiro: DEUS é legislador. Isso significa que ELE cria suas leis. DEUS é o criador de leis, padrões, princípios, ordenanças.
  • Segundo: DEUS é juiz. Isso significa que o próprio DEUS se dispõe a fazer cumprir as Suas leis, punindo os transgressores.

A lei ditada por Deus se torna obrigatória e não existe ninguém que tenha competência ou autoridade para anulá-la ou modificá-la. A lei de Deus é algo que todos estão obrigados a cumprir. Isso não deve ser motivo de descontentamento, mas de alegria, porque a Bíblia declara:

A lei do Senhor é perfeita, e refrigera a alma; o testemunho do Senhor é fiel, e dá sabedoria aos simples. Sl 19:7

Nada justifica a desobediência. O ETERNO Deus não aceita as considerações do homem que tenta justificar a sua desobediência.

II - O que é obediência?

Vamos examinar essa palavra em hebraico, greco e latim (de onde veio a língua portuguesa).

Hebraico - No Antigo Testamento a palavra usada para obediência é: שָׁמַע (shamá) vem de um termo hebraico muito primitivo, significando "ouvir", "escutar", "obedecer", ocorrendo cerca de 1158 vezes nos livros do AT.

Grego - No Novo Testamento encontramos a palavra grega ὑπακοή (hypakoē), com o sentido de "obediência e submissão". Esse vocábulo ocorre cerca de 15 vezes no NT.

Latim - A palavra "obediência" em português vem do latim: oboedire = escutar com atenção (OB = "atenção"; AUDIRE = "escutar"), acatamento, rendição, um comportamento pelo qual uma pessoa aceita as ordens dadas por outra.

O texto de Deuteronômio 28 fala sobre as bênçãos de ser obediente. Se Israel obedecesse a Deus seria exaltado entre as nações e a benção de Deus acompanharia todas as áreas da vida daquele povo.

A proteção, o suprimento, a prosperidade e o triunfo do povo de Israel estavam condicionados à Obediência à Palavra do SENHOR. Israel alcançaria o fim prometido se obedecesse ao que Deus havia ordenado.

III - O que é Desobediência?.

Há duas palavras estreitamente relacionadas com a desobediência: rebelião e obstinação.

1ª- Rebeldia é o ato de se recusar a obedecer a uma autoridade. Quem desobedece a Deus, rejeita a autoridade de Deus sobre sua vida.

Qual a ligação entre rebeldia e feitiçaria?

Quem é rebelde identifica-se com o pecado de Lúcifer. Quem se rebela contra Deus abre-se à influência de demônios. Quem não se sujeita a Deus sujeita-se ao diabo, o líder de toda rebelião contra Deus.

Em Ef 2:2 - Os desobedientes andam sob a influência do príncipe das potestades do ar que operam nos filhos da desobediência.

Em Cl 3:6 diz que a ira de Deus se manifesta nos filhos da desobediência.

2ª- Obstinação - é como pecado de idolatria e culto a ídolo. O obstinado é teimoso e o teimoso não atende Deus, segue a sua própria cabeça. O obstinado torna-se devoto de si mesmo. E seguir a si mesmo é egolatria.

IV - Desobediência: casual e deliberada.

Casual (imprevisto, eventual) - A desobediência pode ser esporádica, um acidente de percurso ou programada. Ambas produzem consequências, e, toda desobediência está sujeita ao Juízo de Deus.

Deliberada - A desobediência deliberada é um ato programado. Muitos governantes, neste mundo tenebroso, têm institucionalizado o pecado, quebrando mandamentos da Lei de Deus, desobedecendo a Deus e Sua Palavra. Esse tipo de desobediência é programado, uma desobediência consciência e premeditada.

Milhões de pessoas estão praticando a desobediência deliberada até torná-la um hábito, um estilo de vida, atraindo para si mesmas o juízo de Deus.

V - O Que Leva o Homem a Desobedecer? Insubmissão, arrogância, autossuficiência, rebelião. (Lc 12:48).

Dentre os desobedientes há aqueles que:

  • Negam a existência de Deus; Sl 14:1
  • Desprezam a autoridade de Deus; Tito 3:3
  • Rebaixam Deus ao seu nível;
  • Invalidam a Palavra de Deus; Mt 15:6
  • Confrontam a vontade de Deus - Rebelião.

VI - DEPOIS DA DESOBEDIÊNCIA, VEM A DECADÊNCIA.

A desobediência enfraquece o povo de Deus e consequentemente deixa-o vulnerável ao inimigo.

Deus mandou Samuel falar com Saul sobre a sua DESOBEDIÊNCIA. Houve consequências do pecado de Saul? Sim houve.

Deus retirou o seu Espírito sobre Saul e a partir de então o rei desobediente começou a ser atormentado por um espírito maligno. (1 Samuel 16: 14)

Muitos homens estão caídos, fracassados e perdidos por causa da desobediência a Deus. Desobediência deliberada abre as portas para o mal: cedo ou tarde o pecador sofrerá as consequências da desobediência.

Quatro Verdades Sobre a Desobediência

· Somos Servos de Quem Prestamos Obediência

Não sabem que, quando vocês se oferecem a alguém para lhe obedecer como servos, tornam-se escravos daquele a quem obedecem: escravos do pecado que leva à morte, ou da obediência que leva à justiça? Romanos 6:16

· Há um espírito de desobediência no Mundo

Nos quais costumavam viver, quando seguiam a presente ordem deste mundo e o príncipe do poder do ar, o espírito que agora está atuando nos que vivem na desobediência. Efésios 2:2

· A Integridade Passada Não Justifica a Desobediência Atual

"Por isso, filho do homem, diga aos seus compatriotas: A retidão do justo não o livrará se ele se voltar para a desobediência, e a maldade do ímpio não o fará cair se ele se desviar dela. E, se pecar, o justo não viverá por causa de sua justiça. Ezequiel 33:12

· A Ira de Deus vem sobre os Desobedientes

Gênesis 3:17 - Deus disse: "Maldita é a terra por causa de ti". O nosso planeta está amaldiçoado por causa de uma escolha errada de Adão, perpetuada pelos seus descendentes, ou seja, a decisão deliberada de desobedecer a Palavra de Deus. O Criador respeita as decisões humanas, até mesmo quando elas contrariam Sua vontade. Deus, porém, não inocenta o culpado. Quem planta desobediência, colhe juízo, desgraça, maldição, condenação...

A desobediência desperta o juízo, legaliza o castigo e abre as portas para o mal.

Ninguém os engane com palavras tolas, pois é por causa dessas coisas que a ira de Deus vem sobre os que vivem na desobediência. Efésios 5:6

E tomar vingança dos que não conhecem a Deus e dos que não obedecem ao evangelho de nosso Senhor Jesus. 2 Tessalonicenses 1:8

NAUM 1: 3 - O Senhor é tardio em irar-se, mas grande em poder, e jamais inocenta o culpado.

Conclusão

Deus nos chama à obediência. Devemos obedecer a Deus de forma inegociável. Sempre!

  • Se por nossa fraqueza desobedecermos a Deus, o nosso coração deve se inclinar ao arrependimento o mais rápido possível.
  • A desobediência abre as portas para o juízo, mas a obediência abre as portas para as bênçãos de Deus.

Que sejamos despertados à obediência porque esta é a vontade do SENHOR para o nosso próprio bem. Aquele que obedece aos mandamentos de Deus fica pronto para ser alcançado pela bênção de Deus.

Pense nisso e que Deus nos abençoe rica e abundantemente. Amém!